Home

O que é Estádio de Futebol?

Estádio de futebol é a edificação esportiva que abriga partidas de futebol, e, ocasionalmente, eventos culturais. Na era moderna, os estádios estão sendo criados para o conforto de seus torcedores e não como antigamente, quando os estádios eram criados para abrigar as maiores quantidades de espectadores.

A maioria dos estádios de futebol são propriedade dos clubes de futebol, mas existem também estádios construídos apenas para as seleções.

História

Um dos primeiros estádios de futebol foram inaugurados ainda antes do século XX. Um dos mais conhecidos é o Stamford Bridge, localizado em Londres e inaugurado a 28 de abril de 1877, e que ainda hoje é usado pelo Chelsea FC.

O Antigo Estádio da Luz, inaugurado em 1 de dezembro de 1954 e demolido em 2003, foi o maior estádio da Europa e um dos maiores do mundo, inicialmente com uma capacidade de 40 mil lugares, depois atingindo uma capacidade recorde de 120 mil lugares em 1985. Era propriedade do SL Benfica, tendo lhe custado cerca de 12 milhões de escudos e tendo sofrido vários rebaixamentos e melhoramentos. Foi substituído pelo novo Estádio da Luz após a demolição.

No ano de 1989, é inaugurado o que é ser o atual maior estádio do mundo, o Estádio Rungrado May Day, na Coreia do Norte, com uma capacidade de 150 mil espetadores. Apesar da sua grandeza, é pouco utilizada para eventos desportivos e jogos de futebol, mas sim para festas, espetáculos e eventos culturais.

A 30 de maio de 2005, é inaugurado o Allianz Arena, com uma capacidade 75 mil espetadores. É propriedade do Bayern de Munique e do Munique 1860. Esse e o Mineirão (Estadio Governador Magalhães Pinto) são os unicos estádios no mundo que podem mudar de cor conforme a equipa que joga no estádio – vermelho para o Bayern de Munique, azul para o Munique 1860, e branco para a seleção nacional. Foi a partir de inícios do século XXI que os estádios começaram a ser criados para satisfazer os espectadores, sendo agora mais modernos e mais cômodos do que os antigos.

Atualmente, o Estádio do Maracanã é o maior estádio brasileiro, inaugurado em 1950 e com uma capacidade de cerca de 78 mil lugares, servindo para jogos do Clube de Regatas Flamengo e do Fluminense Football Club.

Como é construído um estádio de futebol?

O tamanho e a estrutura do estádio dependem da área disponível e do tipo de solo sobre o qual ele será construído. Com base nos estudos de solo, engenheiros e arquitetos projetam a arena, considerando o orçamento disponível, o número total de torcedores e o tipo de eventos que o estádio vai abrigar – se vai ter shows, lojas, restaurantes etc. O relevo do terreno é uma característica importante para definir o tipo de construção. Quando o solo permite uma escavação profunda, as arquibancadas podem ficar apoiadas nas encostas de um buraco – o que barateia a obra. Se o solo é duro, porém, o jeito é erguer tudo do chão.

Início da construção

Após a terraplenagem, o primeiro passo é cavar vários buracos e enchê-los de concreto, formando estacas que podem alcançar até 16 metros de profundidade. Em cima das estacas são instalados blocos de concreto armado – massa de cimento, areia e pedra, recheada com vergalhões de ferro.

As peças principais da estrutura são os pórticos, formados por vigas e pilares de concreto que, dispostos lado a lado, dão forma ao contorno do estádio e servem para apoiar a estrutura da arquibancada. Os 72 pórticos de Green Point são dispostos de 10 em 10 metros.

Os degraus das arquibancadas podem ser moldados com concreto entre dois pórticos. O mais comum tem sido montar tudo com peças de concreto pré-moldadas que se encaixam como pecinhas de Lego. Elas são manejadas com guindastes gigantes e instaladas por um batalhão de operários.

A cada 30 metros, um pórtico é “fatiado” de cima a baixo, criando um vão de 2 cm – chamado de junta de dilatação. Essa pequena brecha é suficiente para que o concreto se contraia e se dilate, de acordo com a temperatura ambiente, sem provocar rachaduras. O topo da junta é vedado com uma resina, para evitar infiltrações.

O gramado é uma das últimas etapas da construção e leva cerca de 45 dias para estar em condições de jogo. Abaixo do tapete verde, tubulações garantem a drenagem e a irrigação do campo. O solo, composto de camadas de areia, adubo e compostos orgânicos especiais, mantém a grama fortalecida.

Os espaços vazios por trás das arquibancadas são reservados para a circulação de pessoas e é ali que são instalados banheiros, bares e demais estabelecimentos – no caso de o estádio agregar opções de lazer típicas de shopping centers, como restaurantes, lojas, cinemas etc.

 



Todos os Estádios
×